Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

D
S
T
Q
Q
S
S
2
3
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
29
30
31
 
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > 
imprimir
Notícias


Plantando nativas nas Furnas
Ana Mendonça


Ontem, dia 14 de março, a equipa do Centro Ambiental do Priolo (CAP) esteve nas Furnas numa atividade diferente que juntou várias turmas da Escola Básica 1, 2, 3/JI de Furnas numa plantação de espécies nativas e endémicas dos Açores. Esta atividade resultou de uma parceria entre a SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves) e a Azorina - Soc. Gestão Ambiental e Conservação da Natureza SA, está integrada no programa escolar do Centro Ambiental do Priolo e contou com o apoio da Agência Melo.

Esta atividade teve como principal objetivo sensibilizar os alunos participantes para a importância da conservação da floresta Laurissilva dos Açores e do Priolo e desta forma comemorar o dia Mundial da Floresta que se celebra no dia 21 de março. Isto foi conseguido através da plantação de espécies nativas e endémicas da Floresta Laurissilva dos Açores, numa área de um antigo Pomar de Frutos das Furnas, recuperado no âmbito do projeto POBHLF, desde 2008.

Os 33 alunos participantes tiveram então oportunidade de conhecer este pomar com 2,5 hectares e provar alguns dos produtos que ai se produzem e iniciaram a plantação em três patamares criados para recriar zonas baixas, médias e de alta altitude ainda na parte da manhã, com plantas cedidas pelos Viveiros de Produção de plantas nativas e endémicas do projeto LIFE+ Terras do Priolo e pelos viveiros do Pomar.

À hora de almoço, o grupo foi presenteado com uma sopa tradicional cozida nas fumarolas deste pomar, oferecida pelos técnicos deste pomar e consistindo apenas de produtos ai produzidos.

Na parte da tarde, e de mãos à obra novamente, os alunos concluíram a plantação com cerca de 400 plantas de diversas espécies nativas entre as quais algumas endémicas como é o caso do Cedro-do-mato (Juniperus brevifolia), folhado (Viburnum treleasei), urze (Erica azorica), patalugo ( Leontondon sp.) , sargaço ( Luzula purpureosplendens), entre outras.

A equipa da SPEA agradece a participação da Escola Básica 1,2,3 /JI das Furnas, dos docentes e alunos participantes e de todas as entidades que contribuíram para tornar esta ação de voluntariado um sucesso.


voltar


Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com